Lucro do FGTS: quando poderei sacar?

Além dos depósitos mensais do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), os trabalhadores também recebem, todo ano, parte do lucro atingido pelo fundo no ano anterior à concessão.

Neste ano, foi distribuído um percentual de 96% do rendimento total do FGTS atingido em 2022, o que corresponde a R$ 8,13 bilhões depositados nas contas vinculadas ao fundo. Conforme a estimativa, cerca de 88 milhões de brasileiros receberam o repasse.

Lucro do FGTS: quando poderei sacar?

Em resumo, todo cidadão que possuía saldo na conta vinculada até 31 de dezembro de 2020, fizeram parte da distribuição do lucro, este ano. Em relação ao valor depositado, isto dependerá da quantia presente no fundo, até a referida data.

Como consultar o valor recebido

Quem deseja saber o valor recebido, basta realizar a consulta através dos seguintes canais:

  • Site da Caixa;
  • Internet Banking (opção para correntistas do banco);
  • Diretamente nas agências da Caixa;
  • Aplicativo do FGTS;
  • Ligando na Central de Atendimento pelos números: para capitais e regiões metropolitanas (3004-1104), para os demais municípios (0800-726-0104)

 Quando posso sacar o lucro do FGTS?

Previamente, é preciso entender que a distribuição de lucro do FGTS, não altera as regras de saque do fundo. Ou seja, a retirada do dinheiro, só poderá ser realizado em determinadas situações, previstas por lei, tais como:

  • Na aposentadoria;
  • Ao atingir 70 anos de idade;
  • Em casos de demissão sem justa causa;
  • Através do saque-aniversário (modalidade opcional);
  • Na aquisição da casa própria;
  • Demissão, devido à falência da empresa ou causa maior;
  • Demissão consensual;
  • Em casos de desemprego por 3 anos consecutivos;
  • Em casos de calamidade pública;
  • Falecimento do titular (saque cabe aos herdeiros);
  • Amortização de dívidas;
  • Entre outras.

Fonte: Jornal Contábil .

Lucro do FGTS: quando poderei sacar?

Além dos depósitos mensais do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), os trabalhadores também recebem, todo ano, parte do lucro atingido pelo fundo no ano anterior à concessão.

Neste ano, foi distribuído um percentual de 96% do rendimento total do FGTS atingido em 2022, o que corresponde a R$ 8,13 bilhões depositados nas contas vinculadas ao fundo. Conforme a estimativa, cerca de 88 milhões de brasileiros receberam o repasse.

Lucro do FGTS: quando poderei sacar?

Em resumo, todo cidadão que possuía saldo na conta vinculada até 31 de dezembro de 2020, fizeram parte da distribuição do lucro, este ano. Em relação ao valor depositado, isto dependerá da quantia presente no fundo, até a referida data.

Como consultar o valor recebido

Quem deseja saber o valor recebido, basta realizar a consulta através dos seguintes canais:

  • Site da Caixa;
  • Internet Banking (opção para correntistas do banco);
  • Diretamente nas agências da Caixa;
  • Aplicativo do FGTS;
  • Ligando na Central de Atendimento pelos números: para capitais e regiões metropolitanas (3004-1104), para os demais municípios (0800-726-0104)

 Quando posso sacar o lucro do FGTS?

Previamente, é preciso entender que a distribuição de lucro do FGTS, não altera as regras de saque do fundo. Ou seja, a retirada do dinheiro, só poderá ser realizado em determinadas situações, previstas por lei, tais como:

  • Na aposentadoria;
  • Ao atingir 70 anos de idade;
  • Em casos de demissão sem justa causa;
  • Através do saque-aniversário (modalidade opcional);
  • Na aquisição da casa própria;
  • Demissão, devido à falência da empresa ou causa maior;
  • Demissão consensual;
  • Em casos de desemprego por 3 anos consecutivos;
  • Em casos de calamidade pública;
  • Falecimento do titular (saque cabe aos herdeiros);
  • Amortização de dívidas;
  • Entre outras.

Fonte: Jornal Contábil .

Start typing and press Enter to search

Ligue para nós!
Iniciar conversa
1
Precisando de ajuda?
Olá! Como posso te ajudar?
Clique na seta abaixo para iniciar uma conversa